Blog

Forte chuva deixa ruas alagadas na Baixada Santista e Vale do Ribeira

Mauro Cattonaro

Entre as cidades atingidas, estão Santos, Guarujá, Peruíbe e Cajati.
Previsão é que temperatura se mantenha alta nos próximos dias.

Ruas de Cajati, no Vale do Ribeira, ficaram alagadas após a forte chuva (Foto: G1)

Após o calor de mais de 30°C que atingiu a região nos últimos dias, uma forte chuva atingiu a Baixada Santista e o Vale do Ribeira na tarde desta segunda-feira (16), causando transtornos à população.

Moradores do bairro Caruara, em Santos, no litoral de São Paulo, enfrentaram ruas totalmente inundadas. Por meio de nota, a Subprefeitura da Área Continental informou que, devido à chuva intensa, um trecho do Rio Iriri Macuco transbordou, alagando algumas vias. A subprefeitura disse ainda que está acompanhando a evolução das águas, e que vai efetuar a limpeza assim que o rio baixar de nível.

No município de Cajati, no Vale do Ribeira, várias ruas também ficaram debaixo d’água. O mesmo problema foi registrado no Centro de Peruíbe e em algumas vias da Vila Rã e do Jardim Três Marias, em Guarujá.

A previsão é que a temperatura se mantenha alta nos próximos dias, com máximas entre 27°C e 34°C, e 60% de probabilidade de chuva.

Bairro Caruara, na Área Continental de Santos, também sofreu com alagamentos (Foto: G1)

Bairro Caruara, na Área Continental de Santos, também sofreu com alagamentos (Foto: G1)

 

Categoria : Blog

Baixada Santista está entre destinos mais buscados para o verão de 2017

Mauro Cattonaro

Praia Grande é a 4ª cidade mais procurada pelos brasileiros na temporada.
Guarujá, Peruíbe e Santos também aparecem entre as 20 maiores escolhas.

Intensa movimentação na praia do Gonzaga, em Santos, no litoral sul de São Paulo, onde centenas de banhistas aproveitam o feriado prolongado de Tiradentes. A previsão é de tempo seco e ensolarado e a temperatura pode atingir 39ºC (Foto: Guilherme Dionízio/Estadão Conteúdo)

Categoria : Blog

Meninos podem ser vacinados contra HPV no litoral de SP; veja os postos

Mauro Cattonaro

Esquema vacinal é composto por duas doses e protege contra a doença.
Ministério da Saúde quer vacinar 3,6 milhões de meninos de 12 a 13 anos.

 

04/01/2017 13h48 - Atualizado em 04/01/2017 14h50

Meninos podem ser vacinados contra HPV no litoral de SP; veja os postos

Esquema vacinal é composto por duas doses e protege contra a doença.
Ministério da Saúde quer vacinar 3,6 milhões de meninos de 12 a 13 anos.

Do G1 Santos

Vacinação contra HPV é disponibilizada para meninos (Foto: Reprodução/TV Fronteira)Vacinação contra HPV é disponibilizada para
meninos (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

As cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, já estão oferecendo a vacina da HPV para meninos na faixa etária de 12 a 13 anos. A vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS) acontece em postos de saúde de todo o país.

Até o ano passado, a imunização era feita apenas em meninas. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos. A faixa-etária será ampliada, gradativamente, até 2020, quando serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos. O objetivo é protegê-los contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, que estão relacionados ao HPV. A definição da faixa-etária visa proteger as crianças antes do início da vida sexual.

A expectativa é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/aids, que também passarão a receber as doses. Para isso, o Ministério da Saúde adquiriu seis milhões de doses, ao custo de R$ 288,4 milhões. Outra novidade é a inclusão das meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas.

Vacina para meninos
O esquema vacinal para os meninos contra HPV é de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla (9 a 26 anos) e o esquema vacinal é de três doses (intervalo de 0,2 e 6 meses). No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.

A vacina é totalmente segura e aprovada pelo Conselho Consultivo Global sobre Segurança de Vacinas da Organização Mundial de Saúde (OMS).  A vacina disponibilizada para os meninos é a quadrivalente, ou seja, confere proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal.

Confira os postos que oferecem as vacinas na Baixada Santista:
Santos
Todas as Policlínicas de Santos. A vacinação ocorre de segunda à sexta, das 8h às 16h.
Os pais devem levar a carteira de vacinação e documento de identidade do adolescente.

Guarujá
As vacinas contra o HPV estão disponíveis em todas as Unidades Básica da Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (Usafas) da Cidade. O horário para vacinação é das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Bertioga
Segundo a Secretaria de Saúde, a vacina já está disponível em 3 dos 5 postos de saúde da cidade: Jardim Vicente de Carvalho, Indaiá e Boracéia, das 8h às 17h. Na próxima semana, também estará disponível nas unidades do Centro e Vista Linda no mesmo horário.

Praia Grande
A vacina contra HPV para meninos já está disponível nas unidades de Saúde da Família e Multiclínicas da Cidade. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Mongaguá
A criança deve ir acompanhada dos pais ou responsáveis, munida da carteirinha de vacinação e Cartão SUS para receber a vacina. O horário de atendimento é das 7h às 16h. As vacinas estão liberadas em qualquer Unidades de Saúde da Família (USF).

Itanhaém
Os adolescentes deverão se dirigir à Unidades de Saúde da Família (USF) de sua referência e estar acompanhados de um responsável, levar um documento e a carteirinha de vacinação. A imunização acontece das 8h às 16h, em todas as USfs.

Peruíbe
A vacina está disponível nos seguintes postos de saúde: Casa da Mulher, UBS Caraguava e UBS Jardim Veneza, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h

* Até a publicação desta reportagem, as prefeituras de São VicenteCubatão não informaram quais os postos de saúde oferecem a vacina contra HPV para meninos.

Categoria : Blog

Festa em família termina com cinco queimados por rojões: ‘Ignorância’

Mauro Cattonaro

Casal, filhas e neta foram levadas para UPA de Peruíbe na madrugada.
Três pessoas continuam internadas em hospitais da região com ferimentos.

Mulher sofreu queimaduras no braço (Foto: G1)

Cinco pessoas de uma mesma família ficaram gravemente feridas após serem atingidas por rojões de fogos de artifícios em uma praia de Peruíbe, no litoral de São Paulo, durante a virada do ano. Duas pessoas já receberam alta médica, entre elas um bebê de oito meses. Pai, mãe e filha continuam internados em hospitais da região. Os explosivos eram particulares e não pertenciam à Prefeitura.

Mulher ficou sem a primeira cama da pele  (Foto: G1)Mulher ficou sem a primeira cama da pele
(Foto: G1)

O acidente aconteceu na madrugada de domingo (1), quando os turistas, que são de Cotia e têm casa de veraneio em Peruíbe, acompanhavam a virada do ano próximo a um quiosque na praia do Arpoador.

Os turistas que ainda estão internados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Peruíbe disseram que não sabem exatamente de onde os fogos partiram, mas viram algumas pessoas com fogos de artifícios por perto pouco antes do acidente.

Segundo a filha do casal, que também está internada, a família costuma acompanhar o Réveillon na mesma região, longe da badalação do Centro da cidade. “Eram fogos particulares, mas não sei de quem, porque eu estava de costas. Eu só vi quando apareceu uma luminosidade entre nós e a labareda subiu, então eu corri sem saber dos meus familiares”, explica a jovem que, assim como os pais, prefere não se identificar.

“Me disseram na UPA que pela gravidade da lesão não parece que foi apenas fogos de rojão, mas algum tipo de combustível também, mas eles também não têm como precisar. Foi um começo de ano terrível. Você vai para praia com a sensação de novidade, desejando coisas boas e começa assim. Só imagino como vai ser o resto do ano. Estamos assim (feridos) por ignorância de alguém”, acrescenta.

A mãe da jovem, que também está hospitalizada, afirmou que todos estão traumatizados e alerta para a imprudência de soltar fogos sem o mínimo de segurança. Ela lembra que ainda tentou se proteger colocando a mão no rosto, mesmo assim ela e os parentes tiveram queimaduras de primeiro, segundo e terceiro grau.

Uma das vítimas ficou com a perna toda machucada (Foto: G1)Uma das vítimas ficou com a perna toda
machucada (Foto: G1)

“Quando explodiu, no momento em que caiu no chão e começou a sair fogo, eu coloquei a mão no rosto, mas já estava queimando. Tinha algumas pessoas sentadas em algumas cadeiras e eu passei por cima deles, caí e fiquei desacordada, mas um senhor conseguiu me levantar e fui procurar minha família. Acho que isso é um crime e não pode acontecer. As pessoas tinham que ter essa consciência de não fazer isso, porque existem vidas”, pondera.

Por meio de nota, a prefeitura de Peruíbe informou que o bebê de oito meses a uma mulher de 37 anos foram liberadas rapidamente após darem entrada na UPA ainda na madrugada de domingo.

Outras três pessoas permanecem internadas, aguardando a transferência para Santa Casa de Santos ou Hospital Guilherme Álvaro, devido à complexidade das queimaduras que sofreram. Apesar dos ferimentos, o estado de saúde dos pacientes é estável.

Categoria : Blog

Wolverine’ diz estar arrependido de agressões e acaba sendo solto em SP

Mauro Cattonaro

Funileiro se envolveu em confusão com parentes em Peruíbe, no litoral.
Ele foi liberado, mas as “garras” continuam apreendidas pela polícia.

Homem usou "garras" para ameaçar policiais (Foto: G1)

O homem que foi detido na última quarta-feira (4) após ameaçar um sobrinho, a mulher dele e policiais militares com ”garras” feitas de espeto de churrasco, foi solto pouco tempo depois de prestar depoimento na Delegacia de Peruíbe, no litoral de São Paulo. O suspeito, batizado pelos policiais de “Wolverine”, um famoso personagem dos quadrinhos, disse que estava arrependido da atitude e afirmou que tudo não passou de uma confusão.

Segundo os policiais militares que atenderam a ocorrência no bairro Jardim Brasil, o funileiro Nelson Araújo, de 48 anos, vulgo “Wolverine”, discutia com o próprio sócio e sobrinho na empresa que ambos possuem na avenida Tancredo Neves, no Jardim Brasil.

Mesmo após a chegada da PM para apaziguar os ânimos, o funileiro continuou nervoso e se negou a entregar suas “garras” aos policiais, que precisaram usar força para detê-lo, inclusive usando algemas.

Araújo foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realizar o exame de corpo de delito e depois até a Delegacia para formalizar a ocorrência.

Já no local, ele disse aos policiais que lamentava o ocorrido e que estava nervoso com o sobrinho e com a esposa dele, mas a situação seria resolvida. Ele afirmou ainda que estava “muito arrependido de tudo que houve”. Apesar das ameaças tanto ao parente, quanto à PM, Araújo foi liberado, mas as “garras” estilo soco inglês continuam apreendidas.

"Garras" tinham cerca de 25 cm (Foto: G1)

 

Categoria : Blog

Baixada Santista ganha seis novas ambulâncias do SAMU

Mauro Cattonaro

Bertioga, Mongaguá, Guarujá e Peruíbe receberão novos veículos.
Governo Federal também liberou recursos para a Baixada e o Vale.

Peruíbe recebeu uma ambulância do SAMU (Foto: Divulgação/Prefeitura de Peruíbe)

O Ministério da Saúde irá enviar seis novas ambulâncias do SAMU para cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10) pelo ministro Ricardo Barros. As cidades da região e do Vale do Ribeira também receberão verbas federais para serviços de área de Saúde.

O estado de São Paulo recebeu do Ministério da Saúde 81 novas ambulâncias do SAMU para 57 municípios. Do total de ambulâncias doadas, 51 fazem parte dos 204 veículos novos adquiridos para todo o Brasil e 30 foram remanejadas do Rio de Janeiro após apoio nas Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016. Outros 19 estados brasileiros estão sendo contemplados com a doação de 340 novas ambulâncias.

Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo é substituir as ambulâncias que têm até cinco anos de circulação sem renovação. O termo de doação das ambulâncias será publicado no Diário Oficial da União, discriminando os municípios contemplados e o prazo que os gestores terão para buscar os veículos (até o dia 17 de fevereiro de 2017). Caso esse tempo não seja cumprido, o Ministério da Saúde fica autorizado a fazer o remanejamento das ambulâncias para outras regiões que precisam renovar suas frotas.

Na Baixada Santista, Bertioga e Mongaguá receberão, cada uma, duas ambulâncias do SAMU. Já Peruíbe e Guarujá serão contempladas com um novo veículo para o atendimento. O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192.

11/01/2017 10h56 - Atualizado em 11/01/2017 15h02

Baixada Santista ganha seis novas ambulâncias do SAMU

Bertioga, Mongaguá, Guarujá e Peruíbe receberão novos veículos.
Governo Federal também liberou recursos para a Baixada e o Vale.

Do G1 Santos

Peruíbe recebeu uma ambulância do SAMU (Foto: Divulgação/Prefeitura de Peruíbe)Peruíbe recebeu uma ambulância do SAMU (Foto: Divulgação/Prefeitura de Peruíbe)

O Ministério da Saúde irá enviar seis novas ambulâncias do SAMU para cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10) pelo ministro Ricardo Barros. As cidades da região e do Vale do Ribeira também receberão verbas federais para serviços de área de Saúde.

O estado de São Paulo recebeu do Ministério da Saúde 81 novas ambulâncias do SAMU para 57 municípios. Do total de ambulâncias doadas, 51 fazem parte dos 204 veículos novos adquiridos para todo o Brasil e 30 foram remanejadas do Rio de Janeiro após apoio nas Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016. Outros 19 estados brasileiros estão sendo contemplados com a doação de 340 novas ambulâncias.

Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo é substituir as ambulâncias que têm até cinco anos de circulação sem renovação. O termo de doação das ambulâncias será publicado no Diário Oficial da União, discriminando os municípios contemplados e o prazo que os gestores terão para buscar os veículos (até o dia 17 de fevereiro de 2017). Caso esse tempo não seja cumprido, o Ministério da Saúde fica autorizado a fazer o remanejamento das ambulâncias para outras regiões que precisam renovar suas frotas.

Na Baixada Santista, Bertioga e Mongaguá receberão, cada uma, duas ambulâncias do SAMU. Já Peruíbe e Guarujá serão contempladas com um novo veículo para o atendimento. O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, pelo número 192.

Recursos
Também foram liberados ao estado, R$ 234,8 milhões para serviços que estavam funcionando sem a contrapartida federal e R$ 539,6 milhões referentes a emendas parlamentares, totalizando R$ 774,7 milhões.São serviços como Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Centros Especializados em Reabilitação (CERs), Atenção Domiciliar, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), além de subsidiar serviços hospitalares e ambulatoriais, voltados à assistência especializada e atendimento de média complexidade. Também estão sendo beneficiadas mais 28 UPAs em 28 municípios.

Santos, Guarujá, São Vicente, Bertioga, Cubatão e Praia Grande receberão valores do Governo Federal. No Vale do Ribeira, Registro e Pariquera-Açú foram contemplados.

Confira os valores destinados para cada cidade:

Santos
Hospital dos Estivadores – R$ 3.283.312,56
Hospital Guilherme Álvaro – R$ 147.825
Santa Casa de Santos – R$ 181.302,81
Seção de Reabilitação e Fisioterapia da Zona Noroeste – R$ 1.680.000

Guarujá
Hospital Santo Amaro – R$ 413.910
Instituto de Infectologia Emilio Ribas – R$ 1.817.221,12
Atenção domiciliar municipal – R$ 600.000
Laboratório de Prótese Dentária municipal – R$ 216.000
Setor de Oncologia Municipal – R$149.086,71

São Vicente
Laboratório de prótese dentária – R$ 90.000
Oncologia municipal – R$ 4.336

Bertioga
Oncologia municipal – R$ 1.020

Cubatão
Oncologia municipal – R$ 5.228

Praia Grande
Oncologia Municipal – R$ 3.316

Registro
Laboratório de Prótese Dentária municipal – R$ 144.000

Pariquera-Açu
Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua – R$ 4.098,96
Leitos estaduais – 2.036.700

Categoria : Blog

Acidente destrói carro e deixa uma pessoa morta em Bertioga, SP

Mauro Cattonaro

Colisão aconteceu na altura do km 234 da Rio-Santos.
Uma segunda pessoa ficou ferida e foi resgatada pelo SAMU.

Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (Foto: G1)

Categoria : Blog

Quem Somos

Nosso portal foi elaborado com a finalidade de ajudar pessoas que desejam negociar um imóvel a encontrar pessoas que tem interesse em adquirir ou alugar um imóvel na cidade de Peruíbe ou em outras localidades

Enviar para um amigo

Byty Praha

E-mail para o Corretor